Please ensure Javascript is enabled for purposes of website accessibility
Plusoft

01/11/2021 | Plusoft

Qual a relação entre inovação e tecnologia na escalabilidade do negócio?

LinkedInFacebookTwitterEmail

Inovação e tecnologia são termos cada vez mais presentes no mercado, seja pela democratização do acesso à internet e aos smartphones ou pela aceleração digital que a pandemia da Covid-19 impulsionou. Independentemente, a adoção dessas palavras na cultura das empresas visa potencializar os resultados de um negócio ao romper com modelos antigos.

Esse rompimento pode ser radical, mudando completamente o posicionamento de um produto ou mesmo criando uma nova solução; ou incremental, quando há apenas uma melhoria em relação aos modelos estruturais anteriores.

De qualquer maneira, ambos os rompimentos visam alinhar uma empresa com as necessidades dos consumidores e do mercado, que pode não ter as lacunas preenchidas sem esse tipo de intervenção da inovação e tecnologia.

Quer entender mais sobre inovação e tecnologia, como a importância desse investimento para a maior escalabilidade do negócio e as consequências de ignorar as mudanças que isso pode proporcionar? Acompanhe o artigo e saiba mais!

Qual a diferença entre inovação e tecnologia?

Até aqui, você já percebeu que inovação e tecnologia são dois conceitos importantes e que podem transformar a realidade de uma companhia. Ignorá-los é ir na contramão das evoluções do mundo e, consequentemente, aumentar a obsolescência da empresa.

Porém, tenha em mente que investir em tecnologia não significa necessariamente inovação. Entenda mais a seguir.

Inovação

De acordo com o dicionário, inovação significa criar algo novo, o que pode ser uma ideia, método ou objeto diferente dos padrões anteriores. Para isso, é preciso que existam propósitos, estratégias e um trabalho de educação para o novo — que consiste numa espécie de configuração da mente, para reformulação de pensamentos, comportamento e atitudes. 

Muito mais do que aplicar inovações, é preciso repensar a metodologia de um negócio. Esse procedimento exige a observação e planejamento, para que haja um maior entendimento do que pode ser otimizado a partir da introdução de novidades na corporação.

Essa descoberta envolve criatividade, empatia, capacidade analítica e atualização com as tendências. Assim, pode ser percebida a necessidade de investir conhecimento de novas ferramentas ou tecnologias.

Nesse sentido, as tecnologias mais apontadas para se tornar tendências em 2021 são:

  • realidade aumentada;
  • chatbot;
  • atendimento virtual;
  • machine learning;
  • integração de canais em um só lugar;
  • tecnologia nativa na nuvem;
  • automação;
  • cibersegurança;
  • inteligência Artificial (IA);
  • etc.

Tecnologia

A tecnologia corresponde às ferramentas modernas e associadas às necessidades atuais do mercado e dos clientes, cujo comportamento e hábitos de consumo mudam com frequência, para que as tarefas sejam executadas de forma mais ágil e eficiente. 

Dessa maneira, investir na tecnologia é uma escolha estratégica para que as empresas continuem sendo vistas de forma relevante, diante de um mercado competitivo, protegendo suas posições e ganhando cada vez mais espaço.

Caso contrário, a probabilidade de outras marcas, mais alinhadas com a necessidade de inovação, passarem na frente e preencherem as lacunas do seu negócio, torna-se cada vez mais alta.

Tenha em mente que é preciso realizar um planejamento para investir em tecnologia, já que é uma decisão que demanda alto investimento e tempo para implementações, integrações e ajustes. Sem esse cuidado, a inovação ocasionada será superficial e sem escalabilidade.

Como a inovação e tecnologia ajudam na escalabilidade do negócio?

Uma das principais vantagens de investir em inovação e tecnologia é o aumento da receita a longo prazo, que eleva o caixa da empressa e permite investimentos mais robustos e melhoriar de trabalho para colaboradores e parceiros.

Mas existem outras razões, que afetam o lucro direta ou indiretamente, do porquê esse tipo de investimento é benéfico. Conheça as principais delas!

Elevação das chances de fidelização dos clientes

Os consumidores passam por mudanças no comportamento constantemente. Então, é indispensável que as empresas acompanhem essas mudanças para continuarem sendo úteis aos desejos e necessidades de cada um, além de superar as expectativas quanto aos produtos e serviços oferecidos.

Por promover aperfeiçoamentos de acordo com os interesses do público, a união entre inovação e tecnologia ajuda na retenção e fidelização dos clientes, que encontram na empresa a segurança necessária.

Vantagem competitiva

Antes, as opções de compra do consumidor eram mais limitadas. Entretanto, especialmente com a democratização do acesso à internet e aos smartphones, o mercado se tornou ainda mais competitivo e as limitações geográficas de compra e vendas se reduzem constantemente.

Diante desse contexto, pensar continuamente na vantagem competitiva é indispensável para a sobrevivência das empresas. Isso significa que investir em inovação e tecnologia eleva o nível da corporação diante da concorrência, já que ocorre um aprimoramento dos processos executados dentro de diferentes setores. Além disso, eleva a percepção que os clientes, colaboradores e investidores têm do seu negócio.

Agregação de valor

Quando as empresas atuam de acordo com a realidade do mercado, além de se mostrarem alinhadas com as tendências, a atitude demonstra disposição pelo aperfeiçoamento e consciência das vantagens da evolução tecnológica no dia a dia corporativo. Enquanto isso, empresas que não realizam esse investimento, podem passar uma percepção diferente, como a de estagnação.

Entretanto, como citado no início do artigo, é preciso que o investimento tecnológico ocorra de forma estratégica e com um planejamento financeiro, para que isso não se sobreponha aos ganhos empresariais e gere escalabilidade. 

Por mais que seja necessário equilibrar a inovação e tecnologia, a partir do planejamento, definição de objetivos claros e outros aspectos, negligenciar esse assunto é ainda mais prejudicial, já que a corporação tende a ficar para trás no mercado, perder vantagem competitiva e a clientela, além de perceber o desempenho diminuído diante das novas demandas.

Percebeu a importância de discutir mais sobre inovação e tecnologia? Compartilhe o post em suas redes sociais e ajude outras pessoas a entenderem mais sobre o assunto!


pt_BR