Please ensure Javascript is enabled for purposes of website accessibility
Plusoft

29/10/2021 | Plusoft

5 dicas de livros dos líderes da Plusoft no Dia Nacional do Livro

LinkedInFacebookTwitterEmail

Dia 29 de outubro é celebrado o Dia Nacional do Livro, e os líderes da Plusoft deram dicas de livros interessantes para adicionar à sua lista de leitura.  

O Dia Nacional do Livro passou a ser celebrado em 1810, quando foi fundada a primeira biblioteca no Brasil, chamada Real Biblioteca, que ficava localizada no Rio de Janeiro. Sendo chamada mais tarde de Biblioteca Nacional, o espaço conta com um acervo de livros, manuscritos, mapas, medalhas, moedas e muitos outros pertences que contam a história desde a vinda dos portugueses para o País. 

Pensando em incentivar a leitura e trazer indicações de livros que vão acrescentar na carreira e na vida pessoal, reunimos dicas dos líderes da Plusoft com títulos que marcaram suas memórias e forneceram conhecimentos valiosos. Confira! 

“Como chegar ao sim: Como negociar acordos sem fazer concessões”, de Roger Fisher, William Ury e Bruce Patton 

O CEO da Plusoft, Solemar Andrade, indica o livro: “Como chegar ao sim: Como negociar acordos sem fazer concessões”, de Roger Fisher, William Ury e Bruce Patton. O livro é considerado um dos mais importantes na área dos negócios.  

Baseado no trabalho do Projeto de Negociação de Harvard, conta como colocar em prática um método para realizar acordos que sejam benéficos para todas as partes, negociando de forma inteligente, amistosa e eficaz. Acompanhadas de exemplos reais, as dicas servem para qualquer situação que envolva uma negociação. 

“Escravidão”, de Laurentino Gomes 

Bruno Alves, vice-presidente de Marketing e Inovação, recomenda o livro: “Escravidão”, de Laurentino Gomes. Uma trilogia que fala sobre o período da escravidão e como isso reflete até os dias atuais.  

O primeiro livro retrata a história do tráfico de africanos para a América, como o Brasil foi o considerado o maior território escravista, a demora e a resistência na abolição de cativeiros, que só feito com a Lei Áurea em 1888. Esse é o resultado de seis anos de pesquisa de Laurentino, visitando mais de 12 países e três continentes, com um relato forte e importante. 

“O jeito Harvard de ser feliz”, de Shawn Achor   

Déborah Oliveira, diretora de Marketing, sugere a leitura do livro: “O jeito Harvard de ser feliz”, de Shawn Achor, que retrata de forma divertida e leve, como a felicidade impulsiona e estimula as pessoas a conquistarem o sucesso, objetivos e metas. 

Com novas descobertas no campo da psicologia positiva, o livro mostra que devemos percorrer o caminho inverso, não é o sucesso que traz a felicidade, mas sim, a felicidade auxilia na obtenção do sucesso. Quanto mais positivos formas, mais estaremos engajados, motivados e produtivos. Esses dados são obtidos por pesquisas realizadas ao redor do mundo e os impactos de manter os pensamentos mais positivos, em meio a tanto estresse e pressão. 

“Obrigado pela informação que você não me deu”, de Normann Kestenbaum     

Valéria Borges, chief human experience officer, indica o livro: “Obrigado pela informação que você não me deu”, de Normann Kestenbaum, que vai direto ao ponto para falar sobre o papel dos gestores nos problemas que acometem os colaboradores na atualidade, impedindo a troca informações claras e precisas. 

Com muitas distrações, excesso de informação e falta de tempo, ideias e negócios podem fracassar pela falta de clareza. Para isso, Normann fala sobre como utilizar as ferramentas certas para atingir o objetivo final e entregar informação de qualidade e ao entendimento de todos. 

"Despertar”, de Sam Harris       

Vinícius Arakaki, diretor e cofundador da plusoft EdTech, recomenda o livro: “Despertar”, de Sam Harris, que usa aspectos da neurociência e da filosofia para afirmar que a meditação e a prática contemplativa não estão associadas a nenhum tipo de crença ou religião, podendo provar que esses conceitos não existem. 

Após viajar para diversos países, conhecer culturas diferentes e estudar com gurus, Harris destaca a meditação como uma prática que alivia o estresse, aproxima as pessoas e auxilia no enfrentamento das batalhas travadas no cotidiano das pessoas.  

Benefícios da leitura       

Aproveite essas dicas para aprimorar o seu conhecimento. Ler é um passatempo que te transporta para momentos históricos, novos lugares e épocas. Além de ser informativa, auxilia no relaxamento e na redução do estresse. 

Quando o hábito da leitura é desenvolvido, outros benefícios podem ser percebidos, como a melhora da memória, aumento no vocabulário, estimula a criatividade e a imaginação, proporciona mais conhecimento e auxilia na melhora da escrita. 

Sendo livros físicos ou ebooks, o importante é encontrar uma maneira que seja agradável e traga satisfação. Boa leitura! 


pt_BR