Please ensure Javascript is enabled for purposes of website accessibility
Plusoft

Idioma

11/01/2022 | Plusoft

Geomarketing: como aplicar o marketing de localização a favor do seu negócio

LinkedInFacebookTwitterEmail

Uma das maravilhas da internet é permitir a execução de campanhas de marketing para um público-alvo muito mais definido, aumentando de forma considerável as chances de conversão e venda. E uma das estratégias de segmentação que costuma trazer ótimos resultados é o geomarketing.

Trata-se de ações de marketing desenvolvidas com base na localização das pessoas. O potencial dessa estratégia é tão forte que a tecnologia se desenvolve cada vez mais para facilitar o entendimento das particularidades de um público. Afinal, é possível saber muito sobre ele só por meio da localização.

Quer entender mais sobre geomarketing e como aplicá-lo na campanha para potencializar os resultados? Acompanhe o artigo e fique por dentro!

O que é o geomarketing?

Conforme mencionado, o geomarketing envolve estratégias que levam em consideração a localização geográfica da audiência. Então, é possível produzir conteúdos, efetuar o atendimento, o processo de vendas e demais operações com uma maior personalização.

Para entender melhor, pense que não introduzir esse conceito nas estratégias é como se a sua campanha atirasse no escuro. Ao adotá-lo no marketing, as ações são desenvolvidas com mais embasamento, o que eleva as chances de atingir públicos específicos e aumenta o potencial de conversão. 

Afinal, a geolocalização realiza a análise mais abrangente das particularidades do público de um local específico. Isto é, a linguagem e interesses turísticos de alguém de Recife, em Pernambuco, podem não ser os mesmos que uma pessoa de Blumenau, em Santa Catarina. Isso porque tratam-se de espaços muito distintos. 

Quais são os benefícios de usar o geomarketing?

Ao longo da leitura, ficou nítida a importância de introduzir esse conceito nas campanhas. A seguir, saiba mais detalhes sobre os benefícios oferecidos:

  • gerar ações de engajamento baseadas na localização;
  • aumentar a lealdade dos consumidores;
  • atrair novos consumidores;
  • entender melhor as dores, interesses e necessidades do público;
  • validar ou reprovar tendências de acordo com o perfil do público;
  • etc. 

Quais são os tipos de geomarketing mais utilizados no mercado?

Existem alguns tipos de geomarketing voltados para dispositivos móveis que precisam ser conhecidos, já que o smartphone tem tido cada vez mais destaque e crescimento. Acompanhe os principais!

Location Triggered Advertisement (LBA)

Trata-se do tipo mais básico de localização móvel. O seu funcionamento ocorre com a descoberta de localização dos consumidores, o que leva ao fornecimento de conteúdos, como texto ou multimídia. Essas mensagens são voltadas para incentivar o consumidor e produzidas conforme o local que cada um se encontra.

Para isso, a tecnologia geofencing é adotada. Ela permite a entrega dos conteúdos quando os consumidores estão em determinada área de cobertura, distante alguns metros ou quilômetros de uma loja física. No entanto, saiba que isso só é possível quando o usuário autoriza o recebimento dessas mensagens.

Location Based Social Media (LBSM)

Esse tipo de geomarketing utiliza a localização do usuário com auxílio da rede social em que ele se conectou, é o caso do Twitter, Facebook Places, Foursquare etc. A partir disso, os recursos tecnológicos podem disponibilizar uma lista de recomendações, conforme a localização atual e o destino.

Isso inclui postos de gasolina, restaurantes e muitos outros espaços. Além disso, também é possível que empresas adotem a LBSM para se relacionar com os clientes que entram nos seus estabelecimentos. Isso tende a envolver incentivos à compra e muitas outras operações. 

Check-in Based Contest and Games (CBCG)

Você lembra do jogo Pokémon Go, em que as pessoas precisam sair com o dispositivo móvel para capturar monstros fictícios? O objetivo desse game exige a exploração de pontos da cidade. O CBCG funciona de modo similar, já que os usuários podem ser recompensados por visitar determinados espaços e fazer check-in. 

Uma vantagem desse tipo de geolocalização é que existe um envolvimento maior entre uma empresa e o usuário, o que pode despertar um interesse mias elevado pela missão.

Além disso, é possível que a bonificação ocorra para além do check-in e exija a conclusão de tarefas, como registrar fotos. Essa ação também atua como um incentivo para que as demais pessoas conheçam o estabelecimento. 

Local Search Advertising (LSA)

Sabe quando você realiza uma pesquisa nos principais buscadores da internet, como o Google, procurando algo específico? Por exemplo, se o seu objetivo for encontrar uma pizzaria, é essa a palavra-chave utilizada na pesquisa. 

Entre os resultados surgidos, é natural que apareçam nas primeiras posições os espaços mais próximos da sua localização. Afinal, os usuários precisam de resultados que satisfaçam as suas necessidades. 

Além disso, saiba que é possível pagar para anunciar e elevar as chances de aparecer nessas buscas, o que também varia de acordo com a classificação do espaço e o raio de distância entre a empresa e o cliente. Como existe uma maior intenção de compra nesse tipo de busca, adotar a geolocalização é uma estratégia pertinente.

Location Branded Application (LBA)

Empresas podem criar aplicativos para divulgar a marca e adotar a estratégia da geolocalização. Esses apps podem ser voltados para solicitação de pedidos, por exemplo. 

Assim, fornecer a localização do usuário é uma maneira de otimizar o serviço, principalmente quando se trata de um aplicativo nacional voltado para franquias em diferentes regiões. 

Proximity marketing

Sabe quando o seu celular se conecta a algum aparelho por meio da proximidade com o Wi-fi ou o Bluetooth? O marketing de proximidade atua de forma parecida. Ocorre uma distribuição sem fio para indivíduos que estejam conectados e sinalizem o interesse em recebê-la. Logo, uma loja pode se comunicar de forma otimizada com os clientes.

Como aplicar o geomarketing nas estratégias de vendas?

Depois de conhecer os benefícios e os tipos de geolocalização existentes, é o momento de descobrir como aplicar esse conceito nas estratégias de vendas. Para isso:

  • incentive os check-ins;
  • faça SEO localizado;
  • realize campanhas de e-mail marketing segmentadas com base na localização dos leads;
  • etc.

Então, conseguiu aprender mais sobre o geomarketing? Introduzir essa estratégia na sua empresa tende a elevar a satisfação do cliente. E ainda, também é possível aumentar o retorno sobre os investimentos e os lucros da corporação.

O nosso conteúdo ajudou você? Nos siga nas redes sociais e continue acompanhando. Estamos no LinkedIn, Instagram, YouTube, Facebook e Twitter!