Please ensure Javascript is enabled for purposes of website accessibility
Plusoft

06/01/2022 | Plusoft

Como a gestão de dados pode ajudar a melhorar a experiência do cliente?

LinkedInFacebookTwitterEmail

A experiência do cliente é algo que não deve ser desconsiderado pelas empresas, uma vez que ela se constitui uma peça fundamental para o sucesso de toda e qualquer organização. Nesse sentido, os modelos de lançamento de produtos baseados apenas em insights de executivos responsáveis pelas vendas se tornaram obsoletos e o consumidor passou a ser um fator determinante para o sucesso (ou não) de vendas de uma solução.

Por conta desse contexto, uma gestão de dados eficaz passa a ser fundamental na construção das estratégias que criarão uma relação de consumo com o público que pode ser duradoura e benéfica ao negócio.

Uma vez que permite melhor segmentação, a mensagem emitida pode ser cada vez mais personalizada, fazendo com que o cliente reverbere para os seus pares (próximos ou conectados a ele por meio das mídias sociais) a experiência positiva vivenciada com a marca.

Neste post, mostraremos a você os motivos pelos quais é tão importante fazer a gestão de dados visando melhorar a experiência dos clientes, apontando como esse método pode impactar positivamente nos resultados de uma empresa. Continue com a gente e confira!

Por que gestão de dados pode oferecer uma melhor experiência ao cliente?

A gestão de dados é uma estratégia que utiliza a tecnologia para coletar, armazenar e analisar informações sobre o cliente a fim de promover uma relação mais personalizada, permitindo à empresa uma melhor percepção do seu produto ou serviço para com o público. Ou seja, a gestão de dados permite que seja verificado se o estímulo faz com que ele compre um produto ou serviço, se a comunicação é eficaz, ou se ele fica mais engajado.

Nesse contexto, os dados se configuram matéria-prima para a compreensão do histórico dessa relação, oferecendo aos especialistas informações de cunho científico para fundamentar as tomadas de decisão.

Assim, as estratégias ficam mais assertivas e as chances de conversões aumentam, uma vez que o cliente, por ser o centro das atenções desses processos, vivencia uma experiência positiva e tem as suas expectativas atendidas.

As empresas devem se preocupar em efetuar uma boa gestão de dados, pois, os resultados são otimizados e o consumidor satisfeito pode tornar-se um promotor do seu negócio.

Quais os benefícios de uma gestão de dados eficaz?

Uma boa gestão de dados viabiliza melhores análises descritivas que, por sua vez, oferecem modelos estatísticos mais precisos gerando bons algoritmos que mapearão o histórico de experiência com o cliente e a relação dele com a sua empresa.

Por meio dessas informações, será possível criar estratégias mais personalizadas no relacionamento com o consumidor, tornando os resultados de venda mais satisfatórios. Abaixo, veremos alguns benefícios propiciados por essa prática.

Gerenciamento inteligente das informações

A informação hoje é um capital essencial às empresas, mas só quando a base de dados é bem administrada e os dados são de fácil acesso. O acúmulo de informações desorganizadas pode gerar uma subutilização das mesmas. A gestão de dados, nesse contexto saberá organizar e inserir esse conteúdo de maneira estratégica nos processos.

Erros minimizados

A automação gerada por um sistema de gestão de dados possibilita a redução de erros por duplicidade, por exemplo. Isso acontece porque quando as pessoas copiam, colam e vinculam documentos, a tendência de falha é maior.

Melhorias na eficiência

A eficiência é caracterizada pela economicidade de tempo e dinheiro sem desconsiderar um resultado satisfatório. Assim, a gerência de dados produz melhor acessibilidade, uma vez que as informações são acessadas mais rapidamente, tornando o negócio mais produtivo.

Portanto, ao despender de menos tempo para determinados trabalhos, a organização pode focar seus esforços na melhoria de outros processos.

Tomada de decisão mais assertiva

Ao realizar uma coleta e análise de dados de maneira mais pragmática, a empresa terá em suas mãos informações mais acessíveis e completas. Isso auxiliará em uma tomada de decisão mais precisa e bem fundamentada.

Contar com um sistema centralizador também permite a criação de metas mais objetivas, possibilitando que possíveis ajustes possam ser feitos.

Como fazer uma gestão de dados visando a melhoria do atendimento ao cliente?

Como já foi mencionado, a experiência do cliente é diretamente impactada quando uma empresa se preocupa em fazer a coleta e análise de dados. E quando o público é posto de maneira central na tomada de decisão, a tendência é que os resultados sejam impactados positivamente e de modo significativo. A seguir, listaremos dicas de como fazer uma boa gestão de dados.

Defina suas métricas

A elaboração de métricas se constitui uma etapa essencial para fundamentar as tomada de decisão, servindo de parâmetro para verificar se as estratégias estão dando resultado. Assim, para saber como medir a satisfação com o cliente, você pode criar indicadores de taxa de aprovação em atendimentos, preços, produtos ou serviços.

Uma vez coletados esses dados, ficará mais fácil diagnosticar o que precisa ser melhorado. Nesse sentido, sites de reclamação ou sugestão podem ser um bom termômetro para verificação de aspectos passíveis de aprimoramento.

Invista em tecnologia

A tecnologia pode ser uma excelente aliada na gestão de dados voltada à satisfação do cliente. Assim, Business Intelligence e Big Data são uma fonte de informações e insights valiosos para a sua empresa, responsável por coletar e tratar as informações.

Também é importante salientar que a automação de processos pode ser um aliado para a sua organização, trazendo rapidez para os processo e melhor utilização do pessoal, que poderá trabalhar em áreas que demandem mais capacidade de raciocínio e análise.

Invista no omnichannel

Hoje, é necessário que as empresas possuam canais de comunicação com o público no intuito de estabelecer com ele uma relação de confiança. Nesse sentido, o omnichanel tem o objetivo de melhorar a experiência do usuário fazendo com que esses canais e seus suportes sejam integrados e orquestrados, trazendo uma resposta mais rápida e efetiva.

Solução plusoft DTM

A plusoft DTM é um provedor full service de CRM e Data Science. Ou seja, parte-se estruturação de um data lake analítico, tendo como base dados brutos dos clientes.

Dessa forma, a equipe realiza um diagnóstico dessas informações e o desenvolvimento dos algoritmos de propensão à compra dos clientes. Após essa etapa inicial, é elaborado um plano contínuo de estímulos aos consumidores que será automatizado na plataforma de Gestão de Campanhas.

A gestão de dados voltada à satisfação do cliente em relação a sua experiência melhora de maneira significativa o desempenho das empresas. Não podemos esquecer que o cliente deve ser o foco das estratégias. Ele está cada vez mais exigente.

A facilidade do acesso à informação permite que ele busque, além de bons produtos e serviços, fazer negócio com empresas que se preocupem em satisfazer suas expectativas e estabelecer uma relação de confiança com o público. Segundo o SPC, 9 em cada 10 consumidores virtuais consultam a internet antes de fechar negócio.

Assim, o investimento em um sistema de gestão dessas informações é crucial para um atendimento mais personalizado e um relacionamento mais duradouro com o público.

Gostou do nosso artigo? Então, continue com a gente para saber um pouco mais sobre a plusoft DTM!


pt_BR